sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Olha Só Pra Gente


Olha só pra gente, assim, vistos de longe, até que passamos por um belo casal desses dançantes no meio da pista. Ninguém precisa saber que sou desengonçada  e acabo sempre pisando no seu pé, justo naquele de unha encravada;  ninguém precisa notar que seu sorriso na verdade tá meio amarelado. Olha só pra gente, rolava da gente ir num desses programas de afinidade. Eu sei tudo sobre você, sua cor preferida é o azul, sua bebida é o vinho, sua comida é aquela que tua mãe faz. Ah, eu posso até falar a verdade lá, pro país todo ouvir, que você nem me ama mais.

Mas, vá, olha só pra gente. De um jeito que você nunca olhou. De um jeito que faz tempo que não olha para mim. Não é que a gente combina, que a gente dá certo, assim, vistos daqui? Nem parece que somos rimas tortas, poema que perdeu sentido, música que não conhece o ritmo. Olha lá, a gente podia estampar um comercial de margarina. Passa o açúcar, amor, não deixe esfriar nosso café. Olha só pra gente, daríamos um bom quadro de amor pendurado na sala de alguém, você não acha? Eu acho que compraria. Ele ia ficar torto sobre a estante, me dará uma agonia de olhar, mas até que é bonito, você não acha?

Olha lá, a gente até que tá dançando bonito. Nossa química é boa, sem explosão. Ela tá parecendo orgulhosa dançando com aquele bonitão, mas na verdade ela só tá se fazendo de forte, tentando não desmoronar bem ali, no meio do salão. E ele não parece que tá gostando, que não gostaria de ir pra nenhum lugar longe dos braços dela? Pois é, vistos daqui, nem dá pra perceber que na verdade ele não está nem aí...

Olha só pra gente! Quer saber, não olha não. Chega a doer. Continua aí, jogado no sofá, com o controle na mão. Fica aí, todo largado, todo bagunçado, enquanto eu tento juntar nossos cacos, pôr tudo no lugar pra que você não desista e vá embora. A gente é uma bagunça mesmo, um caos sem explicação. Lá na pista de dança não, olha lá, parece que é só calmaria, parece que é só paixão...

Olha só pra gente! Olhando daqui, de longe, até parece que a gente é um casal feliz.

Pena que não.

4 comentários:

  1. Nossa você escreveeeee muiiiito bem !!
    amei o textooooo(:
    já tou seguindo **
    minhahistoriasendofeita.blogspot.com.br
    beijo flor amei o blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oun, obrigaaaaaada
      todo amor do mundo pra voce <3 hahahaha

      Excluir
  2. Infelizmente é assim nem sempre o que vemos é o que realmente é. As aparências realmente enganam. Ótimo texto!
    Seguindo aqui!

    http://luzia-medeiros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neeee, nem sempre o que vemos é o verdadeiro :s muito ruim isso!
      obrigaada <3

      Excluir

Comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe