quarta-feira, 15 de maio de 2013

Entre Erros e Defeitos

Pedido feito pela Doril (Maay)
Tá nem um pouco decente, mas é o que tem pra hoje
amika :*




A gente não daria tão certo se não brigássemos tanto, e talvez nossa grande verdade seja exatamente essa. É nesse caos de brigas que a nossa amizade se fortalece e por mais que isso me faça muito mal eu prefiro seus gritos ao seu silêncio ao meu lado. É verdade, nossa amizade poderia ser um pouco mais descomplicada se você descomplicasse um pouco mais a sua vida. Sei que não vai aceitar essa crítica, porque no fundo não nos aceitamos o suficiente para ouvir certas coisas sem nos revoltar. E eu me revolto toda vez que você aponta o dedo na minha cara e enumera todos os defeitos que eu sei que tenho sem perceber que há outros três dedos voltados a você te acusando também, em silêncio.


Em silêncio, também, eu fico. Eu poderia fazer como você e te enumerar todos os erros que comete no dia, mas já aceitei que você não é perfeita e parei de tentar te mudar. Então, deixo que você mate um pedaço de mim toda vez que grita enquanto tento colar os pedaços da amizade que a gente sempre dá um jeito de quebrar. O engraçado é que, mesmo quebrada, ela ainda é a melhor amizade que eu tenho e por isso não abro mão e seguro as pontas desse lado. Sei que do seu jeito você segura também. E ninguém entende porque seguimos juntas, unidas, brigando, se magoando e se desculpando, mesmo com todas essas nossas complicações.

Talvez seja exatamente por isso, por você não ter medo de dizer o quanto sou ou estou errada, que eu ainda insisto. De falsidade ninguém pode te acusar e eu sei que seus gritos são apenas sua forma de você dizer que gosta de mim. Você me conhece tão bem que não se intimida em apontar seus dedos e isso me deixa louca; ao mesmo tempo que é capaz de saber que preciso de colo só com um olhar que eu te dou. Você me aceita nessa nossa tempestade e é só por isso que fico e te ofereço a calmaria que tenho aqui no meu peito.

Por isso e porque sei que você só deseja o bem a mim, mesmo quando consegue me fazer tão mal. E em nossos desentendimentos vou entendendo que todas as brigas é sua forma de dizer que não pode viver sem a minha amizade. E todas as vezes que, ainda que me sentindo injustiçada, eu fico, é o meu jeito de dizer que, mesmo com seus defeitos e seus mil e um erros, é de você quem eu sempre lembro quando perguntam quem é a melhor amiga que alguém pode ter.


Se você tem alguma sugestão ou gostaria de algum tema ser tratado aqui, basta me pedir, pelo twitter (@nandacampos_ -estou sempre lá, falando sozinha), pelo e-mail (nanzcampos@gmail.com) ou, se também prefere não ser identificada, há também o meu ask (ask.fm/nanzcampos)

10 comentários:

  1. ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii nanda brigada

    ResponderExcluir
  2. Você me conhece tão bem que não se intimida em apontar seus dedos e isso me deixa louca; ao mesmo tempo que é capaz de saber que preciso de colo só com um olhar que eu te dou. /// Lindo esse trecho <3 <3 Tem tudo haver comigo e com minha amiga. sz '

    ResponderExcluir
  3. Lindo ^^
    Bisous.
    http://thief-of-words.blogspot.com

    ResponderExcluir

Comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe