quarta-feira, 8 de maio de 2013

Por Mil Anos

Pedido feito por Kau;
baseado na música A Thousand Yers, Christina Perri
(espero que você goste?)




Tô te esperando no altar para o resto de nossas vidas. E esse resto pode ser belo ou incerto, que com você eu enfrento o mundo, me viro do avesso e luto contra tudo. Você só precisa me dar aquele sorriso. Esse mesmo que está tremendo em sua boca nesse momento enquanto você está desse lado daí. Tô te esperando aqui, como te esperei por toda a vida e esperaria por mil anos se fosse necessário. Mas não demora muito não que eu não sei se aguento de nervosismo toda vez que confiro o relógio para ter a certeza de que você não desistiu de mim ou da gente.


Você só precisa dar um passo e eu ando todo o resto por você. Eu sei que você está nervosa e enfrentar esse tapete sozinha não é fácil, mas olha para mim. Olha para mim e vê que eu estou te esperando, de terno, gravata, e cabelo arrumado na cabeça. Tudo isso por você. Tô esperando com uma promessa de felicidade e todo amor que sempre te dei. Tô te esperando com juramentos que cumprirei, com todas as brigas que enfrentaremos, com meus braços te envolvendo quando te faltar forças. Com uma vida imperfeita e bastante bagunça. Com meus erros e meus defeitos. Com minhas inconstâncias e meu destemperamento. Com meu ciúme também. Querida, eu sei que você está nervosa, mas só precisa de um passo, um passo que eu não posso dar para você.

E aí, eu prometo, com esse sim preso na minha garganta louco para ser gritado aos quatro ventos, você nunca mais andará sozinha. Eu prometo que sempre estarei aqui, que secarei suas lágrimas, que farei  da chuva seus dias de sol, darei sentido ao domingo chato. Não estou dizendo que não teremos problemas, mas juntos acharemos todas as soluções. E se não achar a gente inventa, se reinventa, se descobre ou redescobre. Venha até aqui e dê-me sua mão. Me olhe nos olhos e sinta tudo o que tenho para dizer. Vem, dá o primeiro passo para a nossa felicidade. Você só precisa olhar para mim. E sei que todos os seus medos, traumas e incertezas, se vão.

Eu sou a sua certeza.

E se você prometer dar esse passo até a mim, se me prometer vir, ainda que tenha medo, eu prometo te esperar pelo resto de nossas vidas. E pelo que poderá vir, depois.


Se você tem alguma sugestão ou gostaria de algum tema ser tratado aqui, basta me pedir, pelo twitter (@nandacampos_ -estou sempre lá, falando sozinha), pelo e-mail (nanzcampos@gmail.com) ou, se também prefere não ser identificada, há também o meu ask (ask.fm/nanzcampos)

4 comentários:

Comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe