quinta-feira, 4 de julho de 2013

O Que Você Não Sabe Sobre Ela



Ela se doeu por você. E você nem faz ideia. Nem disso nem de todas as vezes que ela chorou sozinha abraçada ao seu travesseiro. Ela escreveu tantos e tantos textos para você que nunca teve coragem de mandar. Você nem se lembrou de que ela era do tipo que sofria calada quietinha em seu canto, né? E ela te falou mil vezes que quase acreditou que você havia prestado atenção nela. Mas, a gente sabe, e ela também já descobriu, você não sai do seu mundinho perfeito para olhar pela janela. Você é tão egoísta que causa ânsia em quem chega muito perto. E foi por isso que ela correu, idiota, porque ainda não estava pronta para vomitar você. Vocês poderiam ter terminado essa história de outro jeito. Ela te ofereceu um livro para que você escrevesse como quisesse. O fim foi por conta sua.


Mas o que foi que você fez? Você a culpou pelas máscaras que você sempre usou. Você achou que era mais fácil assim. Você culpou a ela e saiu espalhando mentiras por aí, destruindo tudo o que um dia ela tinha achado que haviam construído. Você não faz mesmo ideia do quanto isso a machucou, não é? Do quanto isso a fez ficar tão diferente com todos que restaram na vida dela. Você jogou seu ódio pelo fracasso da história em outros e a culpa toda sobre ela. E deixou o peso do fim longe de você. E ela foi tão idiota que sentou e esperou que você viesse suportar essas dores com ela. Você tinha prometido que nunca iria abandona-la, não foi? Que nunca iria permitir que outras pessoas destruíssem o que construíram, não foi? Não, não finja que não é com você. É sim. Foi você quem deixou, você quem abandonou, você quem pôs o fim. Diz para mim, você consegue mesmo conviver com todas as promessas que quebrou para conseguir sobreviver sem ela na sua vida?

Culpar os outros pode ser o jeito mais fácil de seguir em frente sem precisar se explicar. Mas ela só queria uma explicação, sabia? O tempo todo. Ela só queria que você chegasse até ela e dissesse que tudo o que viveram não foi a farsa que ela estava vendo nesse instante. Ela só queria que você descesse do seu palco de quem se acha muito importante e fosse ali, no canto, dar a importância que ela merece. Mas você nunca quis sair do seu mundo porque sair dele seria ter que abandonar personagens que criou para si mesma, ver a realidade daqui de fora te obrigaria a se culpar pelo fim. Talvez um dia você descubra que em qualquer relação são duas pessoas que constroem e destroem, e não apenas uma. Um dia, mas não hoje ou amanhã, porque você não está preparada. Talvez nunca esteja preparada para sair da sua realidade e mudar o canal para assistir a realidade de todos. Ela esperou que você entendesse isso e viesse conversar. Esperou. Enquanto você achava culpados para acusar. Enquanto você a destruía para outras pessoas para se eximir de alguma culpa pelo fim. Ela esperou tanto que cansou. Foi lá fechar o livro de vocês e guardar lá no fundo do armário, bem longe dos olhos dela porque cansou de chorar por você, por ela, pela história e pelo fim.


Eu sinto muito, ela cansou. E talvez daqui uns anos você entenda que foi você, em seu desespero infantil edoentio de se livrar a qualquer custo da culpa, que a fez cansar de te esperar.

10 comentários:

  1. Se a gente conseguisse transformar a perfeição em palavras, acho que esse texto seria mais que suficiente.

    Que o mundo esteja repleto de poetas como você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI MEU DEUS, que amoooooooooooooooooooooooooooor

      Excluir
  2. É tão difícil saber que aquele cara que já demos tantas chances e oportunidades, na verdade, não sabe um terço do que você sente e de como deve reagir com as nossas neuras. Chega dói. Esse texto só mostra como alguma grande parte das pessoas são: egoístas. :/

    Beijos, Nanda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente fica preocupado com a nossas próprias dores e não enxerga que dói no outro também, eu acho.

      Excluir
  3. Eu passo um tempo sem vir aqui e quando venho me deparo com um texto desses <3 É lindo, traduz tanta coisa que sinto :/

    ResponderExcluir
  4. Texto perfeito. Eu nunca vou me cansar de falar: essa é uma escritora maravilhosa. Você tem um dom impressionante Nanda, e não importa em que sentido, você sempre toca as pessoas com suas palavras. Sucesso!

    ResponderExcluir

Comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe