quinta-feira, 4 de abril de 2013

Não Vai Passar


 Curta a fanpage do blog e participem do sorteio do meu livro! Vai ficar de fora?



Não vai passar. Sei que estão todos dando tapinhas nas suas costas e dizendo isso, mas não vai passar. São só palavras vazias de quem nunca entenderá sua dor. Só conselhos da boca para fora de quem só quer que você supere logo. E querer que você supere não é pecado. Mas não vai passar. E não me odeie por estar te dizendo isso logo agora, durante sua dor mais aguda, logo agora que você acha que nenhuma dor no mundo pode ser maior do que a sua e que nunca irá superar. Calma. Vai ficar tudo bem. Você vai superar, sim, não se preocupe. Mas isso não quer dizer que vai passar.

A gente sabe, olhando para dentro da gente, sendo sincero com a pessoa mais difícil de ouvir essas verdades ao ver o reflexo no espelho, que não é assim que as coisas funcionam. Não, não é. Você pode estufar o peito, colar seu sorriso mais feliz no rosto e gritar pro mundo ouvir que seguiu em frente e já esqueceu. Mentir para as pessoas é fácil, difícil é suportar suas farsas no escuro e solidão do seu quarto na hora de dormir. E não disfarça, não olhe para o lado como se eu não estivesse falando com você. É com você sim! E você sabe que aquele não escutado, aquela decepção de mil anos atrás, aquela traição da pessoa que amava e aquela vez que seu melhor amigo não te valorizou como você achou que merecia não passou, continua aí dentro, te transformou nisso que você é hoje, para o bem ou para o mal.


Superar não tem a ver com a dor ter passado. Superar é saber que, mesmo ainda doendo, ainda sangrando, ainda que você continue desconfiado e não tenha esquecido, você precisa continuar. Precisa porque o mundo nunca para para ouvir a sua dor. No máximo lhe dá sorrisos confiantes, tapinhas nas costas e sussurra um “vai passar”. Mas o que passa  não é a decepção, é o tempo, é a revolta, é o desespero, é o achar que dor nenhuma é maior. Passa mesmo é a vontade de chorar –lágrimas secam e chega uma hora que é desnecessário chorar por coisas que já acabaram. Passa a angústia, o medo, o sangue da ferida. Mas a ferida continua lá, para te lembrar que já te machucaram uma outra vez. O tempo não cura porque não há curas quando se envolve sentimentos e coração; uma vez partido nós levaremos essa dor de história não vivida para o resto da vida.

É, desculpa destruir sua ilusão, mas, independente do que esteja lhe doendo, não vai passar. Mas calma, vai ficar tudo bem, porque por mais que doa isso também não vai te matar. E o que não te mata, já dizia sua avó, engorda.

Ou melhor, te fortalece.

4 comentários:

  1. AMEI "O tempo não cura porque não há curas quando se envolve sentimentos e coração; uma vez partido nós levaremos essa dor de história não vivida para o resto da vida." Segui&Curti textos ótimos!

    Segue?http://superfofissima.blogspot.com.br/
    Curte? https://www.facebook.com/Superfofissima?ref=hl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oun, vou ir conferir seu blog já já
      e obrigada

      Excluir
  2. Verdade, o que não mata te fortalece ;)
    Seguindo o blog, beijão ^^

    http://raciocina-comigo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe