terça-feira, 23 de abril de 2013

Nosso Conto de Farsa

Texto pedido via e-mail




Eu sou apenas outra menininha que sonha com seu príncipe no cavalo branco, a mesma menina que deixa os cabelos crescerem para jogar as tranças lá do alto. E você poderia ser meu príncipe, se não fosse todo complicado, nem todo errado, se não viesse e se fosse com tanta facilidade sem nenhum peso na consciência por me iludir, me provocar e me deixar. Talvez eu seja mesmo uma iludida achando que posso viver um novo conto da Cinderela enquanto a realidade é muito mais dura de encarar. A realidade é que você é complicado demais para minha vida simples e eu sou menina demais para sua vida de homem maduro.


A realidade é que você daria uma bela história para contar e talvez seja por isso que eu esteja escrevendo essas palavras tortas e sem sentido. Uma dessas histórias não vividas que poderia até ganhar algum prêmio.  Ah, esqueça o prêmio, eu abriria mão de tudo para te ter aqui de novo. A gente se encontra, a gente se beija, a gente se curte e por uns minutos a gente esquece a realidade e vive esse conto de fadas só para gente. E fica aqui por uma hora até eu te convencer que a simplicidade faz bem, que é possível ser adulto e ser feliz, que talvez dá para viver uma vida cor de rosa ao invés de uma realidade preta e branca.

Eu poderia te fazer feliz e acho que sabe disso e por isso foi embora. Foi sem me levar junto, sem se explicar, sem bater na porta ou discutir. Foi fugindo do que sentia porque teve medo de me assumir. E eu fiquei esperando e continuo esperando, fingindo que tô escrevendo outra história quando na verdade eu só abri um parênteses, ainda te deixo como protagonista e enfio vírgulas e mais virgulas para adiar o inevitável.

É, queria ser uma princesa e viver um conto de fadas, então saberia que no final você simplesmente apareceria, com seu sorriso mais lindo, me roubando para ti e enfrentaríamos o mundo se preciso fosse para defender esse amor. Mas na realidade, apesar de ser a iludida que ainda confere as chamadas atrás de alguma notícia sobre você, eu sei que esse é um daqueles romances que acabou antes de acontecer e você é uma dessas histórias que eu nunca conseguirei me esquecer.



Curta a fanpage do blog e participem do sorteio do meu livro! Vai ficar de fora?
tem gente participando da promoção e não estão curtindo a fanpage, ok?
Se ganhar será desclassificado

4 comentários:

  1. ''eu sei que esse é um daqueles romances que acabou antes de acontecer e você é uma dessas histórias que eu nunca conseguirei me esquecer.'' Lindoooo!

    ResponderExcluir
  2. Putz! Tenho certeza que acabou com o coração da prima... rs. Texto lindo, tem tudo haver com a história dela. /// Esse parágrafo é foda > Foi sem me levar junto, sem se explicar, sem bater na porta ou discutir. Foi fugindo do que sentia porque teve medo de me assumir. E eu fiquei esperando e continuo esperando, fingindo que tô escrevendo outra história quando na verdade eu só abri um parênteses, ainda te deixo como protagonista e enfio vírgulas e mais virgulas para adiar o inevitável. Lindo, lindo *-*'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <3 hahahahaha
      ela chorou bastante, não sei porque mas ok

      Excluir

Comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe