sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Que Seja Verdadeiro


Não é ilusão.

Eu sei disso.

Não me importa o que as pessoas falem. Não me importa o que nossos amigos tentam provar. É amor.

A gente sabe.

É te amo de olho no olho. Não eu te amo falado. É vivido, sentido, tocado.

Foi um eu te amo quando eu te despi com carinho de quem um dia teve pressa. Despi não apenas não seu corpo, mas derrubei sua barreiras, enfrentei seus medos com nossas mãos entrelaçadas e alcancei seu coração.

Foi um eu te amo quando eu te olhei nos olhos e sorri.

Com certeza dissemos te amo enquanto nossos mundos desabaram e continuamos de mãos dadas. Eu percebi que era amor quando você apertou minha mão mais forte, era um eu te amo traduzido em aguenta firme, era você avisando que estava ali comigo.

Sempre é um eu te amo quando eu digo que você é minha. Não faça cara feia, eu prefiro seu sorriso. Eu já conheço seu discurso de que "minha é pronome possessivo estamos no século XXI mulher é ser livre e não objeto". Mas se eu pudesse te guardava em um potinho. Ou melhor, em vários potinhos para poder te ter aos poucos e para que você não cansasse de mim. Eu queria ter seu olhar de quem pede colo, seu sorriso de quem pede amor e sua birra de quem pede cuidado. Quero ter seu cabelo enroscado nos meus dedos e meus dedos entrelaçados nos seus. Quero seguir meu caminho ao seu lado como quem segue uma canção. Quero poder contar a nossa história um dia, quero sorrir quando falar da gente. E por que não desejar que os ouvintes sejam nossos filhos?

Eu já quero você aos montes. Ao que tiver direito. Eu quero você sentado na cama, lendo em um dia de domingo, pra mim ou pra você, desde que seja com aquele sorriso lindo de quem ama aprender. Eu quero você me chamando de sua, me fazendo sua e sendo meu. Eu quero você. Pode ser em potinho, potão, sendo você por mim está tudo bem.

Eu quero nosso eu te amo seja natural e quando tiver que ser. Porque é eu te amo toda vez que nossos olhos se encontram.

Então, vem cá, deita aqui do meu lado e esquece as besteiras que um dia alguém falou. Se você prestar bastante atenção vai escutar que o meu corpo todo grita que te ama. Minhas mãos no seu cabelo, meus lábios nos seus, meus olhos que te admiram e o meu coração que já desistiu de bater ritmado quando estou com você.

Porque não é ilusão. Nós sabemos que é amor.


3 comentários:

  1. Lissah, que texto mais lindo. Não sei nem o que dizer.. *-*
    Parabéns, parabéns *--*

    ResponderExcluir
  2. parabens, texto mais que maravilhoso

    ResponderExcluir

Comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe