quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

A Falta Que Você Ainda Me Faz



Bateu uma puta vontade de te ligar hoje, às três da manhã, como você costumava fazer quando ainda sentia saudades de mim. Uma puta vontade de pedir para que só por hoje você venha e me dê aquele colo que só seus braços são capazes de me dar. Bateu desespero mesmo, quase insano, de me machucar outra vez te deixando entrar na minha vida e sabendo que nunca vem para ficar. Deu uma solidão desesperadora e um frio agoniante de ser envolvida por seus braços novamente, de sentir seu corpo no meu, de provar que contra tudo, contra todos, contra você e contra mim, o nosso lugar é nos amando, é juntos, é aqui. Uma puta falta de você, foi isso que me deu. Quase disquei seu número que ainda sei de cor, quase rasguei nossos papeis de ex bem resolvidos vivendo uma história feliz com outros personagens e gritar: foda-se essa nossa disputa insana para saber quem é mais forte que quem. Eu sou fraca mesmo. E ainda sinto uma puta falta de você!

Eu sei, você parece feliz com essa daí. Ou pelo menos é o que quer convencer a todos e a si também. Você tá mais frio do que antes, mais focado no trabalho, mais distante. Comigo seu sorriso era leve, seu olhar tinha brilho, sua gargalhada era sonora. Com essa daí você vive o romance que sempre quis e tenta se convencer de que tomou a decisão certa ao querer tanto um namoro sem pimenta assim. Só tenta, mas eu ainda te conheço bem, eu ainda sei ler o fundo dos seus olhos, eu ainda toco a sua alma. Você sente minha falta, ainda pensa em mim, ainda se pergunta se fez a escolha certa. Você tá aí vivendo um romance que sempre achou perfeito, mas dou a minha cara a tapa para você bater se, nas noites insones, você não sente falta da minha intensidade, do nosso amor louco, da nossa necessidade doentia de nos fundir em um só até voltar a nos machucar.

Bateu uma vontade maluca mesmo. Um desejo de me desmontar inteira para você de novo. De te mostrar que tô cansada de me fazer de forte, de fingir que não me importo, de dizer por aí que nem me lembro mais de quem você é, de escancarar mesmo minhas feridas, minhas dores, minha saudade insana que ainda tenho de você.

Bateu saudade. Por um momento me deixei apanhar de e por ela. Uma vontade louca mesmo. De pegar o telefone no meio da noite e declarar e implorar e enfiar as unhas nas minhas e nas suas feridas ainda abertas e gritar:

Foda-se esse nosso maldito teatro de quem já virou e seguiu em frente Foda-se a nossa disputa imbecil para ver quem é o mais forte e mais frio de nós dois. Foda-se que sabemos que nunca daríamos certo, que nosso amor só nos machuca, que não somos nem nunca fomos nada.

Fo-da-se, vo-cê-tá-ou-vin-do? Eu ainda sinto uma puta falta de você.




Esta é uma série desenvolvida em parceria com a Karine Rosa, para ler a versão masculina desse conto clique aqui

9 comentários:

  1. E quem nunca sentiu essa louca vontade também? >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No fundo a gente sempre sente saudade de algo que já acabou

      Excluir
  2. " Bateu desespero mesmo, quase insano, de me machucar outra vez te deixando entrar na minha vida e sabendo que nunca vem para ficar. " Quem nunca? :/
    Adorando os textos, como sempre. hhaahha pxs.

    ResponderExcluir
  3. Esse texto parece MUITO comigo e com meu ex. Nossa. Que pena que os orgulhos sempre falam mais alto do que o amor e nunca conseguimos voltar pra aquilo que queremos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente tem mania de achar que o orgulho é mais importante do que tudo ne. uma pena.

      Excluir
  4. voce deve ter lido a minha mente e escrito esse texto néh ?
    perfeito, lindo
    Obrigado <3

    ResponderExcluir
  5. Foda-se esse nosso maldito teatro de quem já virou e seguiu em frente Foda-se a nossa disputa imbecil para ver quem é o mais forte e mais frio de nós dois. Foda-se que sabemos que nunca daríamos certo, que nosso amor só nos machuca, que não somos nem nunca fomos nada.

    Fo-da-se, vo-cê-tá-ou-vin-do? Eu ainda sinto uma puta falta de você.


    *---------*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, eu ACHO que não li não hahahahahaa
      mas que bom que você se identificou
      amo quando se identificam <3

      Excluir

Comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe